*Para ler ouvindo Mini Punk – Pelebrói Não Sei?

Dois dias seguidos no Arrumadinho da Marechal.
Quinta aniversário da srta. Maria!
Sexta comemoração da Ferdis!

Sábado? Acordei, me inscrevi no vestibular que vou fazer amanhã, passei na loja dar um oi pra mãe e aproveitei a temperatura entre 18° e 20° e o céu azul aquarelado por algumas nuvens pra seguir minha viagem pela Curitribo.

Li o relato de viagem que o sr. Auguste de Saint-Hilaire escreveu por ocasião de sua passagem por essas terras em meados do século XIX.
A cidade tem uma forma quase circular e se compõe de 220 casas, pequenas e cobertas de telhas, quase todas de um só pavimento, sendo, porém, um grande número delas feitas de pedra. Todas as casas, como ocorre em Minas e Goiás, possuem o seu quintal, mas não são bananeiras, mamoeiros ou cafeeiros que se vêem ali, e sim, macieiras, pessegueiros e outras árvores frutíferas européias.
Saint-Hilaire passou 9 dias em Curitiba. Parece ter sido muito bem recebido e elogia muito o lugar e seus habitantes.
Divertidíssimo o fato de ele comentar que no primeiro dia de sua viagem para o litoral, após sair de Curitiba atravessou verdes pastagens e passou a noite em um lugar chamado Bacacheri. Haha…

Hoje fui até o Bosque Alemão. A cidade que deveria ser para todos.
Ué?
Mas o Bosque não é aberto?
É. Mas quantas pessoas sabem o que tem lá?
O lugar é um dos mais tranqüilos da cidade.
Na parte de baixo, uma homenagem aos imigrantes alemães.
Na parte de cima 3 outras homenagens.
O Oratório Bach
A Torre dos Filósofos – Destinada à observação da natureza e da Cidade é homenagem de Curitiba a todos os que se dedicam à escalada do pensamento às vertigens do espírito dentro da tradição da antiga filosofia alemã formulada por Kant, Hegel, Nietzsche, Luther, Arendt e tantos outros.
E por último, a Trilha João e Maria, homenagem aos irmãos Grimm. Uma trilha no meio da mata fechada, como a da história. Que tem aquele ar frio e úmido de onde o sol não costuma chegar. A trilha termina na casa da bruxa, uma biblioteca muito, muito legal mesmo…

bosque_alemao-009.jpg

bosque_alemao-011.jpg

bosque_alemao-012.jpg

bosque_alemao-015.jpg

bosque_alemao-035.jpg

bosque_alemao-040.jpg

bosque_alemao-044.jpg

bosque_alemao-046.jpg

bosque_alemao-047.jpg

Hoje tem Coxa X São Caetano. Bem provável que eu vá.
E bem mais tarde tem Graforréia Xilarmônica!

Fui!

Anúncios

~ por Rui Bittencourt em junho 2, 2007.

Uma resposta to “”

  1. Reykjavik! Então, ficou orgulhoso da selvagem? Adorei as fotos “hãnsel und gretel”, já disse que prefiro quando alien capta o detalhe e o inanimado? Não importa, bobagem de olhar miúdo, mestiço e astigmático. O que importa? A capital e meu desejo de Boa Sorte!
    Inté.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: