*Para ler ouvindo Girls & Boys – Blur.

Ontem foi o segundo dia de Akimatsuri.
Já estava me sentindo em casa… Haha… Mais um Matsuri assim meio seguido e me mudo pra Praça do Japão.

Que falar do povo, melhor, dos povos que lá estiveram durante todo esse final de semana? Entre nerds, metaleiros, emos, alternativos em geral e, pasmem, até japoneses, o clima foi tranqüilo. Admiro isso. Tipos de pessoa que não conviveriam bem em nenhum outro tipo de espaço social ali se divertem com o mesmo propósito, o culto às coisas nipônicas. Óbvio. O lugar de destaque no altar desse culto é, sem a menor sombra de dúvidas ocupado pelos personagens de desenho do momento. Narutos e outros desfilam com plaquinhas na testa, pokemons no ombro, e até um ou outro cosplayer se viu por lá.

Já falei na comunidade Anime XD e repito aqui. A única coisa que não achei bem bolada de verdade foi o tempo que durou o quiz. Ou melhor, até poderia ter durado todo aquele tempo sem fim, mas o evento poderia ter continuado paralelamente. Esfriou a coisa. As pessoas começaram a ir embora. Enfim, tirando isso, parabéns pras pessoas de kimono vermelho que dançam muito bem e carregam o evento nas costas! Fui só um intruso na festa de vocês. Mas um intruso que foi feliz lá.

Confesso que no segundo dia tirei menos fotos. E faltou algo nelas. Inclusive, cheguei a uma conclusão. Falta vida nas minhas fotos. Elas não mudam nada em mim. Nota mental, perguntar pra menina (des)ligada como se faz fotos que mudam pessoas.

Ainda do primeiro dia.
akimatsuri-005.jpg

Agora sim, o domingo como ele aconteceu.
akimatsuri2-010.jpg

akimatsuri2-005.jpg

akimatsuri2-017.jpg

Que mais aconteceu? Marcelinha e Ricardo passaram por lá. Acho que se chocaram.
É. Se chocaram.
Eu ganhei(?) o abraço mais caro da minha vida…
Comi mais sorvete frito.
Quase perdi a câmera.
Duas vezes.
Tinha duelos medievais na parte de baixo da praça.
Sábado teve ônibus de turismo de onde?… Prudentópolis?… Hahaha.
Comi sushi, bananinha e uns biscoitos que pareciam bolacha maria com gergelim.
Muita risada.
Alguma cerveja.
Sentados na grama.
Foi bom sim.

Sobre hoje. Estive pensando enquanto atendia o povo da fila.
Ironia das ironias.
Eu, justo eu…
Recebendo taxas de R$3,51 de quem não votou nas últimas eleições.
Pra onde vai esse dinheiro? FUNDO PARTIDÁRIO.
Eu, justo eu…
Que tenho tanto ódio e rancor no coração quando se fala em partidos políticos. Queria o fim deles. Quero. E assim como o Diogo Mainardi ainda vai derrubar o Lula, eu ainda vou acabar com esses partidos políticos de meia tigela que gastam nosso dinheiro com ou sem poder.

Por hoje isso. Desculpa qualquer coisa aê.

Anúncios

~ por Rui Bittencourt em abril 16, 2007.

3 Respostas to “”

  1. tá virando otaku, rui? lol!

  2. Mania de rótulo que tu tem irmã!
    Tô virando eu… Hahahaha…

  3. apenas sensibilidade.
    e isso você tem. =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: